Pedro Filipe

Oboé | Classe Conjunto

   Licenciado em Ensino da Música pele Universidade de Évora na variante de Oboé e Música de Câmara.

   Iniciou os seus estudos musicais em final de 1987 na Sociedade Filarmónica Carvalhense - Bombarral. Entre 1994 e 1999 estudou no Conservatório Nacional de Lisboa      tendo sido aluno do Oboísta José Coutinho (Ex - 1º Oboé da Orquestra do Teatro Nacional de São Carlos).

   Foi docente de educação Musical no Ensino Básico entre 1997e 1999.

   Participou em Seminários de Orquestra orientados pelo maestro Oslavo Ferreira no Instituto Politécnico de Castelo Branco tendo tocado com o pianista António Rosado.

   Trabalhou na classe de Orquestra da Universidade de Évora sob a direcção do maestro e Prof. Max Rabinovitsj participando em diversos concertos e Festivais,       destacando-se numa tournée em 2004 a França (Perigeux - Bourdéus) onde tocou com o Violetista Bruno Pasquier.

   Interpretou a Solo, o Concerto em Dó maior K. 314 para Oboé e Orquestra de W.A. Morzat, com Cadenzas de Pedro Filipe, tendo sido acompanhado pela Orquestra da Universidade de Évora com a direcção de Andrew Swinnerton.

   Tem frequentado diversos Master-class de Oboé, com Professores: Jean Michael Garetti, Hansjörg Schellenberger, Ernest Rombout, Omar Zoboli e Isaac Duarte.

   Entre 1999 e 2005 foi aluno do Professor Andrew Swinnerton (Ex-1º Oboé da Orquestra Gulbenkian).

   Dirigiu a Banda da Música de Moita dos Ferreiros entre 2004 até 2006.

   Dirigiu e preparou a estreia moderna dos " Responsoria in Sabbatto Sancto" do compositor obidense José Joaquim dos Santos, com o coro de Câmara José Joaquim dos Santos e o Ensemble de Cordas Graves. É autor da Edição Bibliográfica de "Nocturnos", lançada pela Câmara Municipal de Óbidos em edição bilingue em 2003.

  Em Novembro de 2003 foi músico convidado da Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian tendo tocado com o Maestro Ion Marin e a Soprano Barbara Hendricks.

  Em 2002 funda e dirige o coro Infantil de Óbidos, destacando-se na produção do CD Moura Encantada e em várias participações televisivas.

  Foi Professor de Oboé e Música de câmara no Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa entre 2003 e 2006.

  Participou em Directos da RDP Antena 1 e 2.

  No ano lectivo 2001 -2002 foi distinguido como 2º melhor aluno do Curso de Licenciatura em Música da Universidade de Évora.

  Fez parte como membro do Coral Sinfónico de Portugal, do Cora do Coservatório Nacional, do Coro "In Vita a Música" e do Coro da Universidade de Évora.

  Dirigiu o Grupo Coral e Instrumental "Alma Nova" de Óbidos desde 1996.

  Desempenhou funções de Técnico da Óbidos Patrimonium E. M., onde desenvolveu um intenso trabalho de achamento e divulgação da Obra de José Joaquim dos Santos tendo feito a divulgação de dezenas de obras inéditas do compositor na Temporada Maio Barroco de Óbidos entre 2003 e 2011.

  É Diretor Pedagógico e Professor na Academia de Música de Óbidos desde 2008.