Carlos Henriques

Percussão

Começou os seus estudos musicais em 1992 na filarmónica da sua localidade (Moita dos Ferreiros, Lourinhã).
Em 1998, ingressou na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, na classe de percussão com o professor Carlos Alberto Girão Ferreira, onde permaneceu até ao 4º grau.

Em 2002, ingressou na Academia Nacional Superior de Orquestra e estudou com os professores Jean François Lézé, Richard Buckley e Pierre La Fontaine.

Participou, quer a nível particular quer a nível escolar, em diversos Masterclassses com o solista internacional de percussão, Pedro Carneiro.

Barchelato em Instrumentista de Orquestra na Academia Naciona Superior de Orquestra e Curso de Profissionalização em Serviço (Música- Percussão e Música de Conjunto) pela Universidade Aberta..

Em 2004, ingressou nos quadros da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana, onde desempenha presentemente funções de música na classe de percussão.

Colabora regularmente, a nível didático com a Orquestra da Foco Musical.

Colabora frequentemente como percussionista na Orquestra Metropolitana de Lisboa; Orquestra do Norte; Orquestra Sinfónica Portuguesa e na Orquestra da Companhia de Ópera Portuguesa.

Presentemente, é professor na Academia de Música de Óbidos.